Loading...

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Nesta Data Querida!

O tempo passa e mais uma vez esta data se repete; e nos últimos anos vinha driblando bem este estado emocional tão vivido por mim, principalmente nesta fase do ano, quando acontece esta "data querida". Estou triste, e as lágrimas sangram minha alma. Se normalmente apenas fico triste diante da sensação de estar sozinha, neste dia de hoje esta sensaçao  é ainda mais profunda e intensa; me sinto realmente sozinha, e durante anos e anos fora assim, e estou sentindo mais uma vez aquela velha dor. 
Cresci muito sozinha, sentindo ardentemente saudades dos amigos que eu não tivera! Chorando constantemente pela infância quebrada, e pela adolescência adulta e solitária! Eu e meu quarto, entre quatro paredes, sentindo o peso de uma vida que não deveria ser assim. Por diversas vezes quase desisti. Mas eu cresci e não mudou tanto assim, pois hoje tenho ainda um temor ainda maior da solidão; pois minha resistência não é mais a mesma. Os anos me calejaram, superei traumas, mas as cicatrizes ficaram.
Hoje é um novo recomeço, meu ano novo particular (..rs) e não sou mais uma criança perdida numa dimensão paralela! Ainda vivo em uma dimensão estranha, mas procuro aceitar e fazê-la agradável, mas falar sobre as dores que ainda sinto, fortalece minha existência aliviando o peso que sinto por tudo que esta errado comigo. Por isso, fico irada quando falo sobre meu estado e alguém diz que não é assim, que tem que ter força e um monte de baboseiras; quase sempre são pessoas que nunca sentiram nem um décimo deste peso. Às vezes o louco so precisa sanar o desejo de seu ato de loucura, pra voltar ao normal! 
Pra terminar esta postagem, relato que ainda sinto tristeza; e que as razões são as mais diversas e ao mesmo tempo nenhuma! Mas preciso ao menos nesse exato o momento erguer a cabeça, criar coragem e me olhar bem fundo no espelho e dizer: FELIZ ANIVERSÁRIO, DRICA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...o tempo urge, calmamente.....

Loading...

Marcadores